domingo, 8 de junho de 2014

Disney prepara versões live-action de seus clássicos

‘Malévola‘ é um sucesso! O filme teve a sua estreia mundial no dia 29 de Maio, em diversos países, e  tornou-se o filme live-action mais visto da Disney na sua abertura (excluindo os títulos da Marvel). O filme conquistou um novo recorde para o estúdio, somando US$175,5 milhões em bilheteira mundial.

O sucesso abriu novas portas para os clássicos da Disney serem recontados em versões modernas – e live-action.

Ontem, o estúdio anunciou a produção de uma versão live-action de ‘A Bela e a Fera‘. A história é baseada no conto fadas francês, escrito por Gabrielle-Suzanne Barbot em 1740. Adaptada, filmada e encenada inúmeras vezes, o conto apresenta diversas versões que diferem do original e se adaptam a diferentes culturas e momentos sociais.

Bill Condon (‘A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Partes 1 e 2) foi contratado para dirigir a nova versão live-action da animação de 1991. Evan Spiliotopoulos (‘Hércules’) roteiriza.


Conheça as próximas adaptações do estúdio:

 

Cinderela

A versão live-action de ‘Cinderela‘ será estrelada por Lily James (‘Downton Abby’)

Helena Bonham Carter (‘Os Miseráveis’) será a Fada Madrinha de Cinderela.  Cate Blanchett (‘Robin Hood’) será a madrasta malvada. Richard Madden, que interpreta Robb Stark na série ‘Game of Thrones‘ será o príncipe encantado.

O estúdio baixou o orçamento da produção, e preferiu contratar uma atriz de menor salário – como fizeram com a então desconhecida Mia Wasikowska em ‘Alice no País das Maravilhas‘. Ela substitui Emma Watson (‘Harry Potter), que chegou a negociar com o estúdio mas não fechou acordo.

Kenneth Branagh (‘Thor’) dirige. Ele substitui Mark Romanek (‘Não me Deixe Jamais’). As filmagens estão previstas para começar em Londres no fim do ano.

‘Cinderela‘ será uma versão live action que a Disney prepara para o clássico de animação lançado pelo estúdio em 1950. Depois que ‘Alice no País das Maravilhas‘ arrecadou US$ 1 bilhão mundialmente, o estúdio tem pressa em levar o projeto adiante.

A exemplo de ‘Alice no País das Maravilhas‘, outros clássicos da animação da Disney prometem ganhar versões em carne e osso, além de Cinderela. Um deles é ‘A Bela Adormecida‘, com o título provisório de ‘Malévola‘.

Chris Weitz – que dirigiu e roteirizou ‘Um Grande Garoto‘ e dirigiu ‘Crepúsculo – Lua Nova‘ – é o roteirista. Ele trabalha em cima do roteiro de Aline Brosh McKenna, responsável pelo enredo dos filmes ‘O Diabo Veste Prada‘ e ‘Vestida para Casar‘.

Vale lembrar que a Universal anunciou que também adaptará ‘Cinderella‘ às telonas, e contratou Ann Peacock (‘As Crônicas de Nárnia: O Leão, A Feiticeira e o GuardaRoupa’) para roteirizar. A personagem agora é propriedade de domínio público.



O Livro da Selva

Baseado no clássico livro de Rudyard Kipling, a animação com live-action da Disney terá Idris Elba emprestando sua voz ao tigre Shere Khan, e Jon Favreau (‘Homem de Ferro’) na direção.

Scarlett Johansson (‘Sob a Pele’) e Lupita Nyong’o (’12 Anos de Escravidão’) estão em negociações para dublar. Se assinar contrato, Johansson dublará a cobra píton Kaa, e Nyong’o emprestará sua voz à loba Rakcha, que adota Mogli.

Trata-se de uma das prioridades do estúdio. O roteiro é da estreante Callie Kloves, filha do roteirista Steve Kloves, que assinou sete filmes da franquia ‘Harry Potter’ para a Warner. Ele participa do projeto como produtor.

O filme é uma adaptação do livro de Rudyard Kipling, lançado no Brasil com o título de ‘O Livro da Jângal’, mas conhecido também como ‘O Livro da Selva’.

A obra reúne várias histórias que narram as aventuras de Mogli, um garoto órfão que é criado por animais na selva.

Além deste projeto, a Warner também prepara uma versão de ‘The Jungle Book’ com Ron Howard (Rush – No Limite da Emoção) na direção.


A Pequena Sereia


Um dos maiores sucessos da Walt Disney Animation Studios está prestes a ganhar também uma versão em live-action. O clássico ‘A Pequena Sereia‘ (The Little Mermaid) ganhará em breve uma versão com atores reais.

Kelly Marcel foi contratada para roteirizar. Ela recentemente finalizou o roteiro da adaptação de ‘50 Tons de Cinza‘.

Joe Wright (”Orgulho e Preconceito” e “Desejo e Reparação“) dirigirá.

Baseado na adaptação feita pela Walt Disney Pictures para o cinema, Joe Wright se juntou à produtora Working Title Films (Nanny McPhee e as Lições Mágicas) para a produção do longa-metragem que deverá estrear no primeiro semestre de 2011, um prazo um pouco apertado, já que as filmagens nem mesmo começaram e nenhum ator foi anunciado no elenco.

‘A Pequena Sereia‘  é inspirada no livro de mesmo nome escrito por Hans Christian Andersen e lançado em 1837. A história fala de uma sereia chamada Ariel, a filha caçula do Rei Tritão, comandante dos sete mares. Insatisfeita com sua vida, ela deseja caminhar entre os humanos para conhecê-los melhor, mas sempre é proibida por seu pai, que considera os humanos como sendo “bárbaros comedores de peixe”.

Até que ela se apaixona por um jovem príncipe e, no intuito de conhecê-lo, resolve firmar um pacto com Úrsula, a bruxa do reino, que faz com que ela ganhe pernas e se torne uma verdadeira humana. Porém, Úrsula também tem seus planos e eles incluem a conquista do reino de Tritão.


 
Mulan


O diretor Charles Russel (‘O Escorpião Rei’) foi substituído por Jan de Bont (‘Lara Croft: Tomb Raider – A Origem da Vida’).

A atriz chinesa Zhang Ziyi (‘O Clã das Adagas Voadoras’, ‘O Tigre e o Dragão’) viverá a protagonista da história, que vive na remota China Imperial e arrisca sua vida se disfarçando de homem para ir à guerra no lugar de seu pai, que está doente.

Com a produção agendada para iniciar em outubro deste ano, na China, a Disney investirá US$ 100 milhões no projeto.

Quem deve também estar no elenco é o cantor e ator Wang Lee Hom, cotado para viver o general Li, que arrisca a própria vida para proteger Mulan e impedi-la de ser exposta.


101 Dálmatas


A Walt Disney Pictures está avançando com um projeto live-action centrado em Cruella de Vil, a icônica vilã de ‘101 Dálmatas’. O estúdio já contratou a roteirista Aline Brosh McKenna (‘O Diabo Veste Prada’) para escrever ‘Cruella’.

McKenna co-produzirá o longa ao lado de Andrew Gunn, que já trabalhou com a Disney em ‘Sexta-Feira Muito Louca’, ‘Super Escola de Heróis’ e ‘Um Faz de Conta que Acontece’, entre outros.

A equipe também conta com um nome ilustre: Glenn Close, que interpretou Cruella em ‘101 Dálmatas’ e ‘102 Dálmatas’, será produtora executiva do filme.

A personagem surgiu em 1956, criada pela escritora Dodie Smith no livro ‘101 Dálmatas’ (The One Hundred and One Dalmatians). Cinco anos depois, a Disney produziu a primeira adaptação cinematográfica da história, em forma de animação.